Blog

poiesis_aventuras_vampirescas_simone_prando

Em colaboração com o Instituto Lóttus e o Centro Comunitário São Judas Tadeu, a Poiesis Editora lançará em fevereiro o livro “Aventuras vampirescas”, da autora juvenil Simone Prando.

O livro é o primeiro romance infanto-juvenil de Simone, mariliense com 15 anos e uma imaginação fértil. Antes de tudo, Simone começou a ler aos cinco anos de idade. Suas leituras favoritas eram as revistas em quadrinhos da “Tuma da Mônica”, de Maurício de Souza. Em seguida, ela passou a ler romances, como “Pollyana”, de Eleanor Porter.

Posteriormente, aos 10 anos, começou a rascunhar pequenos textos em meio ao descobrimento da paixão pela língua portuguesa e a redação. Neste momento, às vésperas do lançamento do seu primeiro livro, a autora sonha em escrever novos títulos, viajar o mundo e formar-se em História.

Não necessariamente nessa ordem, destaca Simone.

Aventuras vampirescas

O livro retrata, sobretudo, as aventuras vividas por Ispy. Jovem corajosa e inteligente, Ipsy possui uma sensibilidade aguçada e espírito investigativo que farão a protagonista vivenciar experiências inéditas e eletrizantes.

Nesse sentido, Ispy enfrentará o medo, o desconhecido, a desconfiança de todos e aventurar-se-á por todo o mistério manifesto repentinamente em sua vida de maneira nunca antes imaginada.

Em suma, Simone traz com essa aventura jovial e dinâmica a força e a luz de uma escritora jovem que alça com suas palavras as estruturas basilares de um futuro brilhante.

De antemão, ler essa história não é só usufruir de cada palavra com prazer, mas é também observar o nascer de uma jovem mulher que encontra na escrita a gênese de sua liberdade.

Prólogo ao “Aventuras vampirescas”

É difícil acreditar como minha vida mudou drasticamente. E tão de repente. Há uma semana era apenas uma adolescente qualquer, que frequentava a escola, ia ao shopping com a melhor amiga e discutia com os irmãos em casa.

Agora estou aqui, no banco traseiro do carro de um desconhecido que afirma ser meu guardião e diz que me protegerá de um bando de vampiros malucos que querem me matar.

É isso mesmo, você não leu errado. Realmente existem vampiros aqui. De onde eles vieram, quem eles são? Não faço a mínima ideia. Eles simplesmente apareceram. Eu sabia que eles existiam, mas ninguém me dava atenção. Como gostaria de esfregar na cara de Lara que eu estava certa esse tempo todo enquanto chamava-me de maluca.

Vocês devem estar confusos, não é mesmo? Vou explicar como tudo aconteceu.

Sobre a autora

Simone Prando Marques é mariliense, tem 15 anos e uma imaginação fértil. Começou a ler em sua quinta primavera e não parou mais. Desse modo, iniciou com revistas em quadrinhos da “Tuma da Mônica”, de Maurício de Souza, depois passou a ler romances, como “Pollyana”, de Eleanor Porter.

Suas inspirações vieram das leituras e de suas vivências, começou a redigir pequenos textos aos 10 anos graças também ao seu amor pelas aulas de português e redação. Assim, Simone agora tem seu próprio romance, “Aventuras Vampirescas”, o primeiro de muitos que deseja escrever.

Além de ser escritora, a jovem sonha formar-se em História e viajar pelo mundo, não necessariamente nessa ordem. Por fim, com um espírito inventivo e amoroso, Simone cativa cada um que se aproxima; seu quê de graça e ternura esquentam qualquer coração.

Ficha técnica

  • Título: Aventuras vampirescas
  • Autora: Simone Prando
  • Editora: Poiesis
  • Editor: Beto Cavallari
  • Revisão ortográfica/gramatical: Gabriela Felizardo Leonel de Andrade, Lis Doreto Romero, Luiz Carlos Junior, Mirelle Caroline dos Anjos, Thaís Rosa dos Santos, Victoria Venâncio da Silva e Carolina Fernandes Carvalho
  • Revisão final: Mirelle Caroline dos Anjos
  • Capa: Aline Corteletti Pirschner Conceição e Rafael Américo Hirose
  • Organização: Mariana Bueno de Oliveira e Aline Aparecida Adão da Silva Bertinoti
  • Gênero: Romance (Literatura infanto-juvenil)
  • Formato: Impresso
  • Ano: 2021
  • Apoio: Centro Comunitário São Judas Tadeu & Instituto Lóttus
Sou pai do Lorenzo e do Lucca, fundador e editor na Poiesis, professor universitário na Unimar e autor do livro "Com Ítaca na mente: em busca dos sentidos do ensino"