A EXPERIÊNCIA DO PENSAR EM EDUCAÇÃO: identidade ou diferença